segunda-feira, abril 24, 2006

Amigos

Este "post" finalmente foi feito a 4 mãos, a imitar a Caracolinha e o Mocho.
O que está a preto é da Tété a castanho é da Papoilasaltitante.

- Depois de uma semana intensa de trabalho, uns dias melhores que outros, uns com um dia de descanso durante a semana, outros nem por isso, não há nada como juntar alguns amigos e fazer uma jantarada.
-Sem dúvida amiga... e para jantares cá estamos nós!!!
Música de Mariah Carey - Any time you need a friend

Powered by Castpost

- Combina-se o que se vai comer, distribui-se as compras, marca-se a hora de encontro numa das casas, e depois mãos à obra.
- Todos cozinhamos, mas quem dá ordens é sempre o nosso mestre cozinheiro.
- Sempre a dar ordens!! É impossivel de se aturar! Livra!
- Ele é que sabe os ingredientes, as quantidades e há sempre uma novidade uma surpresa.
-Diz sempre que não dá as receitas...mas no fim é bonzinho e a malta até lhe caça algumas, porque no fundo ele sabe que...
- O que é certo é que quando tentamos fazer em casa nunca fica como o dele. Dons com que as pessoas nascem, uns aproveitam-nos outros não. (Ai que mal nos sentimos...mas o certo é que a malta depois gosta... e pronto, lá temos que dizer que aquilo até está bom e tal... fica inchado que nem um perú...mas a gente gosta mesmo dele!!!)
- Então lá combinámos que a comezaina teria que ser equilibrada, à base de legumes, no forno, só com sal e uma pitada de azeite, as lulas e os camarões cozinhados na “wok”, esparguete, e uma massa expressamente vinda de Milão, negra, que até metia impressão.
-Obrigada Lena por nos teres proporcionado uma experiência algo estranha, que consistiu em olhar para aquela coisa negra... mas de sabor a ... esparguete vejam lá!!!
- Champanhe, do melhor, cervejolas, vinho do bom e sobremesa dois gelados e abacaxi para cortar o colesterol.
- Pois, pois cortar colestrol !!! Tá bem tá... primeiro gelados... depois abacaxi... para cortar o colestrol... desculpas. É bom e pronto!!
- A cozinha toda Hi Tech, o ambiente do melhor, a comida sem palavras para a descrever e as bebidas 100%.
- Ah e então as cantorias, hein??? E a fabulosa interpretação do "She" do costello feita pelo dono da casa hein??? E não contas , ai não contas a a interpretação sui-generis e cheia de emoção que fizeste da "Oração da Mãe Menininha" da Bethânia em brilhante dueto com o cozinheiro???? Somos bons nós.... Mais um dos nossos divertidos saraus gastronómicos e musicais... e como eu gosto destes pedaços passados em saudável "maluqueira".
Como dizia o meu pequenito ontem, que estava para ficar e estava a "curtir o pedaço", -Vocês cotas são mesmo divertidos!!! - Se ele diz... quem sou eu para discutir...
- Antes das fotos deixamo-vos aqui um belíssimo texto sobre a amizade que foi dado pela Ni, na sua festa do meio século.

O POTE DE VIDRO E O CAFÉ
Na sala de aula o Professor estava de pé com alguns objectos em cima da secretária.
Quando a aula começou ele, calado, pegou num frasco grande
de vidro vazio e começou a enche-lo com bolas de golfe.
Quando não cabiam mais, ele perguntou aos alunos se achavam que o frasco estava cheio.
Todos responderam que sim.

O Professor então pegou num saco de feijões secos e, ao chocalhar o frasco, estes iam entrando para os buracos vazios entre as bolas de golfe.
Quando não cabiam mais, ele perguntou aos alunos se achavam que o frasco
estava cheio.
Todos responderam que sim.

Neste ponto, o Professor despejou um saco de areia para dentro do frasco. Como é óbvio, a areia ocupou todo o espaço restante do frasco.
Quando não cabia mais, ele perguntou aos alunos se achavam que o frasco estava cheio.
Todos responderam que sim.

Foi então que o Professor, agarrou em dois copos de café e os entornou lá para dentro.
Agora sim, não havia mais espaço.

Os alunos desataram a rir!!!
“Agora” disse o Professor enquanto as gargalhadas se ouviam, “ eu quero que vocês reconheçam que este frasco representa a organização da vossa vida”.
“ As bolas de golfe são as coisas mais importantes: a família; os filho
s; a saúde; os amigos e tudo o que vos é mais querido, de modo a que se tudo na vida desaparecesse e só ficassem elas a vossa vida continuava cheia!”
“ Os feijões são as outras coisas importantes da vida: o trabalho; a casa; o c
arro!”
“ A areia é tudo o resto das coisinhas pequeninas.”

Se encherem primeiro o frasco com a areia, já não há espaço para o feijão nem as bolas de golfe. O mesmo se passa com a vida.
Se gastarem todo o tempo e a vossa energia com as pequenas coisas nunca vão ter espaço para as coisas que são verdadeiramente importantes para vocês.
Prestem atenção às coisas que são essenciais à vossa felicidade. Brinqu
em com as crianças. Tirem tempo para irem ao médico, talvez fazer um check-up.
Saiam para um jantar romântico.
Vai haver sempre tempo para arrumar a casa, para despachar um trabalho que só falta um bocadinho.
Tomem conta das vossas bolas de golfe primeiro, das coisas que têm mesmo importância.
Tenham prioridades.

Para o resto vai sempre haver espaço.
Não encham o vosso frasco primeiro com a areia, pois as bolas de golfe não vão caber no fim.
Um aluno perguntou: - e o que é o café?

- Ainda bem que perguntas. Eu ía agora mesmo dizer-vos.
É que mesmo que sintam que a vossa vida está cheia, há sempre espaço para beber um café com um amigo.



O nosso mestre cozinheiro

Todos a trabalhar

As entradas

Os nossos legumes no forno

A tarte de espinafres e farinheira. Hummm!!!

Os camarões e as lulas

O abacaxi

A massa negra (pasta di sepia)

A miudagem a fazer o sacrifício do dia

A nossa tocadora

Dueto da "Oração da Mãe Menininha"

E agora o vídeo caseiro da praxe mostrando a cozinha Hi Tech

220406 042
Vídeo enviado por tuga

<"De sua justiça">

11 Comments:

At 12:38 da manhã, Blogger papoilasaltitante said...

Eu sei que não deveria comentar este post, até porque sou co-autora, mas como gosto muito das minhas bolas de golfe, coloco-as sempre à fente do resto dentro do frasco!
Temos que repetir em breve(como se isso fosse díficil)
Beijocas

 
At 2:12 da tarde, Blogger a lice said...

Estou a ver que isso foi bem divertido!:)

 
At 2:51 da tarde, Anonymous Anónimo said...

5 estrelas para o post a quatro mãos e 5 estrelas para a jantarada.
Foi um bom exemplo em como realmente há sempre espaço na nossa vida para "um café com um amigo".
E ficam a saber que ainda cá tenho um outro tipo de "pasta" de Milão à espera da proxima jantarada - e desta vez não é preta, é mais para o cinza.
Bjs Lena

 
At 2:51 da tarde, Anonymous IO said...

Mas que fotos mais apetitosas!! - beijo, uma gulosa que ainda não almoçou...

 
At 7:19 da tarde, Blogger Sinapse said...

... que maldade! exporem assim esses petiscos!!

Gostei mt do post, que é tb sobre a amizade e os momentos que proporciona!


E tb gostei deste blog! Voltarei.

 
At 10:42 da tarde, Blogger francis said...

É um dos grandes handicaps da Net. A ausência de um Sentido tão importante como o cheiro :-)
Bom feriado. Que outras revoluções se sigam...

 
At 11:13 da tarde, Blogger Armando S. Sousa said...

A minha mulher vai duas vezes por ano comigo a Itália (ou vice-versa), e de traz sempre este tipo de massa, fettucinni, spaghetti e outras coisas que tais. A miudagem adora, eu nem por isso, agora essa travessa de legumes têm um fantástico aspecto e certamente sabor.
Quanto ao resto, uma boa cavaqueira é a melhor coisa do mundo.
Um abraço a todos.

 
At 11:49 da tarde, Blogger Kamikaze said...

Ó Meninas,


Conclusão do evento:


1- A amizade engorda;

2- A Teresa é um pão;

3- "There's always a man in the kitchen, at parties";

4- Como as senhoras dizem sempre ter metade da idade que realmente têm, a Ni é rapariga para ter uns cem anitos;

5- A alcoolemia gera poesia. Senão reparem na transcrição:
"...uma massa expressamente vinda de Milão,
negra, que até metia impressão.";

6- A vossa alegria gera empatia. Fico muito feliz por vocês!



Beijinhos!

P.S.: Se pensam que vou estabelecer analogias com "bolas" da pedagogia, tirem daí o sentido!!!

 
At 12:49 da manhã, Anonymous Ni said...

Eh!Pá!Essa da tarte de farinheira com espinafres ficou-me atravessada...o cozinheiro tem que me dar a receita.Bela jantarada!!!
E com malta 5 estrelas como vocês,só pode ter sido de arromba!!!
É isso aí Kamik,25 em cada pata...eh!eh!eh!
Vês TT se ele soubesse que eras um pão tinha vindo à Patuskada!

 
At 11:17 da tarde, Blogger Caracolinha said...

Porra pa´... e não é que só agora é que bati com a retina neste espectacular repasto e neste post a 4 mãos ????

Xiça pá, vão comer pr'á estrada, tá visto que estou com a minha gente !!!!

Gandas malucas vocês !!!! :))))

 
At 11:42 da tarde, Blogger Kafé Roceiro said...

Estou daqui do Brasil a salivar com tantas delícias.
Um forte abraço,
Kafé.
Se quiser trocar links me diga.

 

Enviar um comentário

<< Home