quinta-feira, junho 01, 2006

Não posso crer!

Esta é demais. Até custa a acreditar. Deve ser brincadeira.

Música de Akon - Lonely

Powered by Castpost

Não querem lá ver, que agora temos que dar contas da nossa festa de casamento?
O Fisco quer saber os detalhes do seu casamento. Quantas pessoas convidou? Fez um vídeo? Quanto pagou pelo copo de água? Comprou flores? Contratou uma banda? Alugou uma limusina? Em causa está uma recente «campanha de prospecção a empresas do sector da restauração», lançada pelo Ministério das Finanças, abrangendo todos os serviços, sujeitos a IVA, prestados na organização de um casamento.
Ainda por cima a abordagem é, "convidam-nos" a colaborar com o Governo. Num prazo de 10 dias tem que se preencher um questionário, dizendo todas as empresas que foram contratadas, quantas pessoas foram convidadas, quanto custou o vestido da noiva e todos os detalhes. Pior que a PIDE.
Podem dizer-me onde ficou o 25 de Abril? Já se esqueceram que vivemos em Liberdade, Democracia!
Querem acabar com as fugas ao fisco, tudo bem, se calhar deviam começar pelas Leis, se há fuga ao fisco é porque a Lei permite, não?
Ainda por cima dizem que é fácil apanhar quem não colaborar, basta que num ano em que na declaração assinalem pela primeira vez que o estado civil é casado. Onde chegámos, meu Deus...
Ainda por cima somos obrigados a "bufar", porque a Lei Geral Tributária tem previsto o "dever de colaboração" e estamos sujeitos a uma coima que vai de 100 a 2500 euros se não colaborarmos.
Se os casamentos tínham diminuido em Portugal, penso que agora vão ainda diminuir mais. Mas quem , digam-me, quem é que se vai sujeitar a isto? Será que os filhos e filhas dos Srs. Ministros também colaboram?
Aqui ficam o questionário e o pedido de colaboração.
Só neste País.


O pedido de colaboração (para visualizar melhor cliquem em cima)

Questionário

Questionário (cont.)

<"De sua justiça">

18 Comments:

At 12:58 da tarde, Blogger Polly Jean said...

Vergonha!!!
Melhor não casar mesmo. Ser amante, ser companheiro, ser unido, ser mado e não dar contas a ninguém!

Beijocas,
Gostei da visita

 
At 1:44 da tarde, Blogger Pitucha said...

Estamos no reino da fantasia...
(Passaram-se!).
Beijos

 
At 1:53 da tarde, Blogger papoilasaltitante said...

ePassaram-se completamente!!!
Ainda bem que o meu já foi há Séculos.... BOLAS!!!
:)
Bjs

 
At 1:56 da tarde, Blogger Cãocompulgas said...

O casamento vai ter q passar a ser marginal... discreto... não vá lá estar o fiscal nupcial à porta da boda de lápis e bloco em punho...

:)))) mundo insano

bjs

 
At 3:04 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Não acredito!!!! Não pode ser verdade!! O que se faz para diminuir o défice!
Bjs Lena

 
At 3:18 da tarde, Blogger boleia said...

O QUE???
isso é inacreditavel!
estou tramada...

 
At 4:35 da tarde, Anonymous cristiana said...

estaõ a delirar! entao o casamento dá tanto trabalho a organizar e ainda tem que se perder tempo com estas coisas...

 
At 4:55 da tarde, Anonymous MB said...

Não é nada agradável, é verdade. No entanto até os compreendo. O governo finalmente deve ter percebido que as empresas que giram à volta dos negócios dos casamentos são autênticos antros de fuga aos impostos. Basta ver as quintas que organizam os casamentos, onde ficam por declarar milhares de contos. Os fotógrafos idem... etc. etc...
Se nós somos obrigados(e devemos) a pagar os nossos impostos não é legítimo que essas empresas tb o façam?
Confesso que não sou nada a favor que certos senhores recebam valores milionários(por fim-de-semana) e não declarem nem um tusto!
É um gesto nada simpático, é certo, mas que torna o mundo mais justo para nós, pagadores de impostos.
Não queremos tanto convergir para o resto da Europa... É isto que nos faltava. Igualdade no pagamento das nossas obrigações.

 
At 4:57 da tarde, Anonymous MB said...

TT, não te chateies comigo... :)
Tenho andado um pouco do contra, aqui nos teus posts mas não é por mal... Gosto muito do teu blogue!

 
At 6:08 da tarde, Blogger 125_azul said...

Era a sério! Eu a pensar que estavas a gozar... Vá confessa, diz-me que falsificaste o formulário com os teus super dotes informáticos, só para bulires com os nervos da malta! VALHAMEDEUS, vou emigrar! Beijinhos

 
At 6:34 da tarde, Blogger jawaa said...

TT, hoje acordei casada (salvo seja!- p.f. que ninguém me ataque porque escrevi uma palavra que está completamente em desuso, só quis dizer que esta madrugada, sem sono, deixei na cama a minha cara-metade e vim para a net...) com a nova proposta do ECD, sabe que às vezes ando fora do tempo e do espaço. Estive a ler aquela m... toda e... volte a ler o meu post, e depois mande-me um recado daqueles que eu até vou parar à terra com letra minúscula, mas antes serei eu a sua serpente, não fica cá para contar!
Bjinho

 
At 7:32 da tarde, Anonymous Daniela Mann said...

Ai não poso crer!!!
Daqui a nada está tudo a emigrar, aliás como já aconteceu!

 
At 7:55 da tarde, Blogger marakoka said...

jocas maradas de marar

 
At 8:02 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É...e depois ainda vão querer saber onde se vai buscar a massa para pagar!Há...e quanto recebem de prendas...
Bem fez um primo meu hippie (legítimo de 1969) que deu mesmo aos convidados no Café "Monte Carlo" em Lisboa, um copo de água a cada um de nós e uma flor !!!!!!!
O meu filho que se prepare.
Beijinhos
S.Z.

 
At 11:38 da tarde, Blogger viktor said...

É este o mistério da fé. Um país de tanga e casamentos de muitas dezenas de milhares de euros.

Agora, o que eu gosto mesmo é dos impressos:
Se não souber quem foi, indique pais, padrinhos, etc. que saibam alguma coisa.
Só falta dizer depois da assinatura: "o Bufo". E eu a pensar que estas coisas eram "do tempo da outra senhora".
Boa noite.

 
At 11:55 da tarde, Blogger planaltobie said...

http://www.ghastaspista.com/novas/adhesions.php#asinar

Podes assinar, não é burocracia (vi na tua amiga chuinga).

 
At 12:01 da manhã, Blogger Carlota said...

Manda-me daí um beliscão, sefachavor, que devo estar no meio de um pesadelo!...
Beijola.

 
At 2:59 da tarde, Blogger dakidali said...

mb
Pode ficar descansado, não me chateio com a opinião que deixam aqui, mesmo que seja sempre contrária à minha. Agradeço até que a deixe sempre com sinceridade.
Obrigado pela sua participação atenta.
Beijinhos

 

Enviar um comentário

<< Home