quarta-feira, junho 28, 2006

Rugas

Rugas.

Música de Humanos - Rugas

Powered by Castpost

Sinais de uma vida bem vivida ou do avanço infernal da idade? Há quem goste delas e outros que desesperam, cada vez que ficam mais profundas ou marcadas com o passar do tempo.

Ninguém é indiferente, todos comentam e discutem, mas um facto é certo: há cada vez mais produtos cosméticos para as combater, e alguns bem caros: cirurgia estética, botox, etc., tudo para eliminar uma depressão na pele provocada pela perda de elasticidade muscular e pela acção da gravidade.

Há no entanto rugas que aparecem precocemente, são mais ou menos profundas, de acordo com o grau do problema, e se situam bem no centro da cara.

Estas rugas são criadas, não pela perda da elasticidade muscular, mas pela perda de dimensão vertical da face, que é mantida pelos nossos
dentes.

A dimensão vertical da cara é mantida pela dentição completa.

A mandíbula (osso do queixo) é o único osso completamente móvel do corpo. Pode ser projectada, retraída, mover-se lateralmente, abrir e fechar.

É neste último movimento que a mandíbula encontra como travão os dentes do maxilar superior, ou seja os dentes de cima travam com os dentes de baixo o movimento de fecho da boca.


Assim, é fácil perceber que se, faltarem dentes ou se estiverem muito gastos, fecharemos mais a boca do que o normal e, consequentemente, a pele da cara dobra e cria pregas e vincos nas zonas afectadas.


Fala quem sabe e depois de ler o artigo todo escrito por um médico dentista acredito e acho que tem toda a lógica.
Agora já percebo as minhas rugas, não são estradas dos dias passados a viver com intensidade, são problemas com os dentes. Eu sempre as expliquei dizendo que eram de expressão. Fiquei mais contente, se fôr ao dentista posso recuperar anos na minha cara.
Botox nunca!

Vejam como fica a cara em várias situações depois de usar botox

<"De sua justiça">

19 Comments:

At 8:50 da manhã, Blogger Madalena said...

Lol!!!!! Convenceste-me. Beijinhos

 
At 10:07 da manhã, Blogger jawaa said...

E eu que estava a tentar poupar uns cobres, sem ir de férias, para rejuvenescer com botox...!!!
Bjinho

 
At 10:53 da manhã, Blogger naturalissima said...

Bom dia amiga

Gostei do humor aqui colocado.
Rugas!!! Hummm, é uma coisa da qual ainda não me preocupa! E quando elas aparecerem, serão bem vindas. Elas fazem parte de nós. Para quê manda-las embora!
Delas podemos ler as nossas memórias, as nossas experiências, o nosso saber, a nossa alegria e tristeza, a nossa alma...

Temos de saber olhar a beleza tal como ela é com ou sem rugas.

Posso estar a ser muito simplicista e ou muito radical com este assunto, mas por enquanto é como vejo e sinto a vida.

Um beijinho
Daniela

 
At 11:54 da manhã, Blogger francis said...

Podemos enganar os outros, mas infelizmente nunca enganamos o tempo.
Admito usar bottox mas só nos bifes do talho quando o dinheiro se acabar.
Beijinhos :-)

 
At 1:35 da tarde, Blogger Mocho Falante said...

AS rugas não se encaixam na cançao do Represas que diz que "o tempo também se engana..."

mas as rugas também fazem parte do processo da nossa caminhada e por isso eu gosto delas

beijocas...sem botox

 
At 1:50 da tarde, Blogger maresia_mar said...

ah ah ah, fiquei convencida, e já encontrei uma razão para as minhas rugas, tenho que ir ao dentista ih ih ih.. adorei este post, as rugas são as nossas marcas, as nossas vivências, ele há rugas e rugas, a minha avó partiu com 86 anos e tinha umas rugas lindas... Quando for grande eu quero ser como ela... Li também algures, que rir evita as rugas, por isso vamos lá malta, riam muito.. Bjhs

 
At 3:18 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Confesso que é coisa com a qual não me preocupo. Mas pelo que aqui dizes, também sou daquelas que, com umas idas ao dentista, talvez consiga voltar a ter a pela lisinha dos 20 anos.
De qualquer forma penso que ter "rugas de chorar, de sorrir, de cantar e de sentir" (como diz esta canção de que tanto gosto) é ter rugas de viver e essas não me fazem impressão nenhuma.
Bjs Lena

 
At 5:15 da tarde, Anonymous Pedro said...

bom site

 
At 5:56 da tarde, Blogger papoilasaltitante said...

Heheheheheh!!!! Botox... jamais!
As rugas dão charme!! É assim como o cabelo grisalho...
Bjs

 
At 8:05 da tarde, Blogger a lice said...

Cada ruga conta a sua história! E faz parte de nós!:)

 
At 9:59 da tarde, Blogger 125_azul said...

tenho dentes realmente bons, nunca arranquei nenhum... será então por isso que, apesar de tudo, não tenho rugas. E já lá vão quase 44...
Corre para o sr dr dentista!!!
Beijos

 
At 11:18 da tarde, Blogger viktor said...

Bela canção do projecto Humanos. Depois da leitura do texto, começo a pensar que talvez surja uma nova versão desta canção:
"Dentes, faltam-me os primeiros dentes..."
Bjs.

 
At 12:16 da manhã, Anonymous Daniela Mann said...

Parecem clones! Ninguém diria que o Castelo Branco e a esposa não são irmãos!!! Eles são iguais!!!
Beijinhos

 
At 12:16 da manhã, Anonymous tuga said...

Dentistasssssssssssss?????Kambada de carniceiros.....por enquanto não me apanham lá

 
At 8:46 da manhã, Blogger amigona said...

Está muito giro! Obrigada pela informação... e não é que tenho que ir ao dentista?!!! Mas é car que se farta!!!
A música é contagiante!
beijos...

 
At 9:33 da manhã, Blogger perola&granito said...

:)

 
At 12:09 da tarde, Blogger Barão da Tróia II said...

Dentista aí tá uma camarada que me apavora de 2 maneiras, na carteira e pelas brocas e agulhas. Rugas ficam bem com a idade e ponto final.

 
At 1:26 da tarde, Blogger Dae-su Oh said...

Envelhecer é bonito, desde que não seja em espírito.

 
At 1:20 da manhã, Blogger Brigida Rocha Brito said...

Tudo isto é bem verdade... mas... quando me olho ao espelho e as vejo bem no contorno dos olhos... e quando me rio e as sinto... ai...

 

Enviar um comentário

<< Home