sexta-feira, junho 09, 2006

Ser criança!!!

Ontem o blogue esteve difícil para postar e comentar. Vejam só o meu desespero, agora que tenho tempo e preciso de me entreter. Quanto ao meu pé está em recuperação, já desinchou bastante mas de qualquer maneira como devem calcular com os entorses todos que tive enquanto atleta tenho os ligamentos num estado lastimoso e já com algumas calcificações. Por isso o Ortopedista me receitou repouso, repouso, repouso, gelo, gelo, gelo, o que tenho cumprido pois preciso do pé para trabalhar, como sabem. Tem sido complicado gerir o repouso com as tarefas cá de casa e como sou um pouco hiperactiva tenho feito um grande esforço. Tem-me valido uma amiga que me vai fazendo de "Choufeuse" para ir ao super, levar-me ao médico . Hoje vou jantar fora, estou farta de casa.

Música de Xutos e Pontapés - Não sou o único

Powered by Castpost

------------------------------------------------------------------------------------------------

Já muito se falou sobre este assunto, mas nunca é demais lembrar que às crianças não deve faltar, pão, amor, carinho, alegria e que têm direito a uma infância digna. Isto não quer dizer que façamos sempre tudo o que querem, não! Devem crescer em harmonia, sabendo respeitar, partilhar, amar, dar, receber, ouvir dizer sim e não, aceitar a diferença, etc, etc.
Sabemos também que gente sem escrúpulos os maltrata, abandona e explora.

Muitas vezes e na sua maioria esses maus tratos são feitos pelos próprios Pais. Desses maus tratos os mais frequentes são os psicológicos. Os piores a meu ver. Não deixam marcas visíveis, mas marcam uma vida, mudam uma vida, estragam uma vida.

Acho que uma palmada no rabiosque bem dada, na altura certa não é violência física, mas que resulta na maior parte das vezes. Sou contra o fechar à chave, o quarto escuro e todos esses tipos de castigo. Sou contra a pressão psicológica, o abandono, a exploração, a violência, o rapto.

Todas as crianças têm direito ao desenvolvimento (direito à educação), à participação (direito de exprimir a sua própria opinião), à protecção(direitos a ser protegida contra a exploração) e à sobrevivência (direito a cuidados adequados).

A negligência atinge todas as classes sociais. Não só nas mais pobres onde existem factores de risco, como o alcoolismo e a violência doméstica, mas também nas classes médias e altas.
Pode consultar os Direitos da criança aqui.

Proteja-os!
Denuncie!
Ajude!
Participe!

Mal tratadas e negligenciadas, milhões de crianças tornaram-se praticamente invisíveis. [ler + aqui]

10 MANDAMENTOS

1.As minhas mãos são pequenas: por favor não esperem a perfeição ao fazer a cama, desenhar, atirar e agarrar uma bola.
As minhas pernas são pequenas: por favor abrandem para eu vos poder acompanhar.

2. Preciso de encorajamento para crescer. Por favor sejam brandos nas vossas críticas. Lembrem-se: podem criticar o que faço sem me criticarem a mim.

3. Os meus olhos não vêem o mundo do mesmo modo que os vossos. Por favor deixem-me explorá-lo em segurança. Não me impeçam de o fazer sem necessidade.

4. Os meus sentimentos ainda estão tenros. Não impliquem comigo o tempo todo. Tratem-me como desejariam ser tratados.

5. As tarefas domésticas estão sempre a precisar de ser feitas. Só sou pequeno por pouco tempo. Por favor percam tempo a explicar-me as coisas deste fantástico mundo em que vivemos e façam-no de boa vontade.

6. Por favor não vão "fazer por cima" tudo o que eu faço. Isso dá-me a ideia de que os meus esforços nunca alcançam as vossas expectativas.
Sei que é difícil, mas não me comparem a outras crianças.

7. A minha existência é uma dádiva. Cuidem de mim como é esperado, responsabilizando-me pelas minhas acções, dando-me linhas de orientação e disciplinem-me de um modo afectuoso.

8. Por favor não tenham medo de ir passar fora um fim-de-semana. Os filhos precisam de férias dos pais como os pais precisam de férias dos filhos. É uma bela maneira de mostrarem como a vossa relação é especial.

9. Por favor dêem-me a liberdade para tomar decisões que me dizem respeito. Deixem-me falhar, para que eu possa aprender com os meus erros. Assim, um dia estarei preparado para tomar as decisões que a vida me exigirá.

10. Por favor dêem-me todas as oportunidades para eu aprender e bons exemplos para eu seguir. Assim poderei tornar-me numa pessoa verdadeira, recta e humana.


<"De sua justiça">

9 Comments:

At 11:01 da manhã, Blogger Carlota said...

É muito bonito este post sobre as crianças. Tem coisas de que toda a gente devia lembrar-se, especialmente porque todos os adultos já foram pequenos...
Quanto à tua recuperação, vê lá mas é se mandas a hiper-actividade de férias e fazes o que diz o médico, hein?...
Beijolas e bom fim-de-semana!

 
At 11:08 da manhã, Blogger greentea said...

quantas pessoas precisariam ler este post, mas são sempre essas q não lêem.

Nunca bati na minha filha, não sei o q é isso de fechar à chave
nunca a forcei a ir para o bacio ou a andar de bicicleta - um dia ela foi.
quando me disse - vai vai à loja buscar o q te esqueceste q eu fico sozinha, eu fui - tinha ela seis anos e dei-lhe essa responsabilidade;

aos dez foi sozinha no avião Lisboa-Bruxelas, ao cuidado da hospedeira;~
aos 14 pediu para ir no comboio Lisboa-Guarda sozinha para ir visitar o avô
tem sido assim a minha filha...
maus tratos ...nunca
irresponsabilidade, dependencia excessiva ...nunca
amor, carinho e partilha ...qb

 
At 12:58 da tarde, Anonymous Daniela Mann said...

Eu fico doente cada vez que suspeito de situações de maus tratos a crianças! Não sei sequer como é possivel alguém consentir numa coisa dessas!
As melhoras amiga!
beijinhos

 
At 1:36 da tarde, Blogger a lice said...

Espero que a recuperação se torne ainda mais rápida, e voltes ao activo muito em breve!:)

 
At 2:01 da tarde, Blogger Rosa said...

Oh... Não sabia do pé. Sou uma desnaturada... Mas não tenho tempo!!!! :(

As melhoras para ti!

 
At 2:19 da tarde, Blogger Laura Lara said...

Melhoras rápidas, Teresa. Um bom fim-de-semana e descansa.
Beijinhos

 
At 3:48 da tarde, Blogger jorgesteves said...

É sempre um prazer passar por aqui: uma leitura agradável, interessante, importante, e uma cuidada apresentação.
Deixo a saudação para o fim, que o principal agora é torcer (esta expressão não é muito feliz, mas enfim...) para que a recuperação seja total e rápida!

amizade,
jorgesteves

 
At 5:37 da tarde, Anonymous IO said...

OLÁ, SOU A AMIGA COM QUEM VAIS JANTAR LOL!!

KOINCIDÊNCIA: LEMBRAS-TE KE, A ÚLTIMA VEZ QUE NOS VIMOS, ERA EU QUEM NÃO PODIA DANÇAR E SÓ SUBIA AS ESCADAS A PÉ COXINHO?... - os beijinhos dou dentro de 4 horas e ao vivo!

 
At 11:10 da tarde, Blogger Cristina said...

olá:)

pá, que chato isso do pé..espero que tudo corra bem e recuperes depressa. estamos cá para te fazer companhia, embora nos últimos dias com dificuldades técnicas:((

beijocas grandes e o melhor fim de semana possível.

 

Enviar um comentário

<< Home