segunda-feira, julho 24, 2006

FINALMENTE!!!!!!

Vou andar entre aqui e aqui





Agora vou poder fazer tudo o que não faço enquanto estou a trabalhar.
Não ter horas para nada...
Não preciso de me levantar a horas;
Não preciso de entrar a horas em lado nenhum;
Não preciso de cumprir horário;
Não tenho horas para almoçar, nem jantar;
Não tenho horas para me deitar...
YUUUUUUUUUUPIIIIIIIIIIII!

Só regresso a 1 de Setembro.
Não se esqueçam de regressar também.
Sempre que me fôr possível darei o meu "passeio higiénico" pelos vossos cantinhos, não me esqueço nunca de quem gosto.

Deixo-vos com a música de momento deste verão.
E o meu verão não acabou... Adivinhem de quem é.
Dedicado aos meus sobrinhos mais pequeninos: Carolina, Maria e Vicente.


Powered by Castpost

BOAS FÉRIAS PARA TODOS.

sábado, julho 22, 2006

Berlengas



BOM FIM DE SEMANA!

sexta-feira, julho 21, 2006

Mercado Medieval

Ontem para acabar o dia fui com a minha filha mais uns amigos ao Mercado Medieval em Óbidos.
Para mim a mais bela Vila de Portugal. Vale sempre a pena uma visita a esta bela Vila tanto de Inverno como de Verão com festas ou sem festas.
Todos os anos por esta altura realiza-se a Feira Medieval e todos os anos por esta altura visito Óbidos. É certo que a Feira que mais me encantou foi a primeira, daí ter voltado no ano a seguir. Cada ano que passa acho-a mais pobre e este ano acho-a com menos atractivos.
Nesta feira podemos ver artesanato, comer e ver algumas representações daquela época.

Música dos Enya - Avemano Orchestral

Powered by Castpost

Quanto à comida , fazem sempre grelhados, assam porcos e come-se em pequenas tábuas com as mãos ou com os paus que nos são fornecidos , mas que temos de devolver, o que não acho muito higiénico. Eu como sempre com as mãos. Não há guardanapos, dão-nos um bocado de papel, tipo embrulho, para limpar a boca e as mãos.
Aconselho vivamente a visitarem este Mercado que está a decorrer até domingo, a entrada é paga dentro do castelo, levem toalhitas para se limparem, vão cedo, comam cedo (19.30h) porque depois dessa hora são horas de filas à espera de lugar para se sentarem e comerem.
Para saberem mais deste evento cliquem aqui.
Como já devem ter reparado ando sempre com a máquina fotográfica, por isso aqui fica mais uma reportagem.

quinta-feira, julho 20, 2006

Tratamento de luxo

Ontem comecei um novo tratamento ao "meu pé esquerdo". Um tratamento de luxo...
A última vez que estive no Ortopedista disse-me que além dos tratamentos, podia/devia ir andar à beira-mar, na areia molhada.
Não tenho tido tempo para o fazer.
Mas ainda não me deixam correr.
Já ando sem o pé elástico "topo de gama".
Ainda tenho o pé um pouco inchado.

Música de Juanes - A Dios le pido

Powered by Castpost

Mas...
... ontem decidi que tinha que começar este tratamento.
Às 18 horas fui até à praia para caminhar ao longo do mar.
O primeiro contacto com a areia não foi agradável, senti umas picadas no tornozelo. Mas continuei, sempre com a lembrança das dores que tive quando fiz a rotura. Com medo de colocar mal o pé e lá me saía outra vez do sítio.
Quando cheguei à areia molhada - até parecia que estava na Figueira da Foz, nunca mais chegava à água - soube-me bem a areia fresca e a água gelada.
Lá andei durante um bocado, para não forçar muito logo da primeira vez.
Estendi a toalha, tirei a máquina fotográfica e comecei a disparar.
Aqui fica o meu fim de tarde onde a partir de hoje picarei o ponto a bem do "meu pé esquerdo".

terça-feira, julho 18, 2006

Pode repetir...

Os pedófilos holandeses vão criar um partido para forçar as autoridades a permitir as relações sexuais aos 12 anos -actualmente a idade mínima é de 16 anos - bem como a posse de pornografia e o sexo com animais.

Música de Juanes - Que pasa?

Powered by Castpost

Eu não acredito nisto. E você?

Entendem que os jovens a partir dos 16 anos deviam ser autorizados a participar em filmes pornográficos e a prostituir-se e as pessoas deviam poder andar nuas na rua.

E nisto acredita? Eu continuo de boca aberta.

«Vamos despertar o país», pode ler-se no site do Partido da Caridade, Liberdade e Diversidade (PCLD) que pretende registar-se ainda esta quarta-feira, refere o «Correio da Manhã». Em entrevista ao jornal holandês «Algemeen Dagblad», o fundador Ad van der Berg explicou o que pretende: «Queremos transformar a pedofilia num tema de discussão, já que se tornou em tabu, desde o caso Marc Dutroux, em 1996, na Bélgica. Fomos silenciados. A única forma é ter voz no Parlamento». O movimento quer ainda pornografia na TV durante o dia, excepto a de carácter violento, que ficaria reservada para horas tardias.

Quando acabei de ler a notícia “caíram-me os queixos”, como se costuma dizer.
Mas ou eu estou velha, ou sou retrógrada ou preconceituosa ou então anda o mundo a ficar maluco.
Onde iremos parar?
Vale tudo. Só me dá vontade de rir.
Vou mudar de profissão - Estilista de nus… Deve ser fácil, fazer passagens de modelos de nus…
Daqui a uns anos, e não deve faltar muito, cada um anda, vive, e faz o que lhe der na real gana e não há lei que o impeça.
Parece que estamos a voltar à Pré-história.
Anarquia?
Era só o que nos faltava que pudesse existir um partido da “Pedofilia”. Mas isso não é considerado crime? E têm direito a partido?
Qualquer dia temos o Sindicato dos Ladrões, o Partido dos Assassinos, o Sindicato dos criminosos…
Era mesmo só o que nos faltava.



Ler mais ( imagem daqui)

Guerra X Paz

Uma «chuva» de mísseis Katioucha disparados pela guerrilha do Hezbollah a partir do Líbano abateu-se hoje ao final da noite sobre a Alta Galileia, no norte de Israel, causando pelo menos cinco feridos, revelaram as autoridades israelitas.
Um míssil «aterrou» perto de um hospital da cidade de Safed, ferindo cinco pessoas, quatro delas apenas com ferimentos
ligeiros.

Música dos Pólo Norte - Deixa o Mundo girar

Powered by Castpost


Para quê?
Não me dizem?
Já basta quando a Natureza nos trai,
com a erupção dos vulcões sem aviso
com tremores de terra
com os Tsunamis
com o degelo
com as cheias
com os incêndios devido ao calor insuportável que se faz sentir por estas terras Lusas. Bem sabemos é o buraco do Ozono. Culpa de quem?
Dizem que nossa, do Homem…

Nunca mais aprendemos a respeitar
os outros
a Natureza
os seres vivos
a vida
o que a vida nos dá
queremos sempre mais e depois pagamos caro os nossos erros.

Acabem com guerra!
Queremos PAZ!
RESPEITEM a diferença. Só assim diferentes podemos ser felizes.

segunda-feira, julho 17, 2006

De regresso...

... ao vosso aconchego, já com a maioria dos trabalhos acabados (só falta um) deixo-vos este pôr do sol e a paz que ele transmite. O sol a pôr-se no Monte de S. Brás (Nazaré) visto da casa de um amigo. Meia hora de fotos seguidas, algumas menos boas pois não tinha levado o tripé. De qualquer maneira ofereço-vos esta maravilha da Natureza. Obrigado pelo carinho aqui deixado e por esperarem.

Música dos GNR - Quero que tudo vá para o Inferno

Powered by Castpost




quinta-feira, julho 13, 2006

Encerrado temporariamente

Por motivos que se prendem com o trabalho que me foi destinado para esta altura do ano na escola, em que vou ter que passar algumas horas ao computador, com 2 horas de fisioterapia por dia, a bem do meu pé esquerdo, mais reuniões na escola e dois filhos para dar atenção não me sobra muito tempo para deixar aqui alguma coisa diariamente nem visitar quem eu tanto gosto.
Assim, com o devido respeito e com as devidas desculpas vou encerrar temporariamente o blogue.
Ouçam esta música, abanem-se, sacudam-se que é o que faço enquanto vou fazendo o trabalho.
Música de Juanes - camisa negra

Powered by Castpost

Entretanto divirtam-se a tentar estacionar o carro.

quarta-feira, julho 12, 2006

O poder da NET

De troca em troca, jovem canadiano andou na net e alcançou o sonho da sua vida.
Parece mentira mas pelos vistos é verdade. A magia da net.

Música dos Queen - A kind of magic

Powered by Castpost

Já há uns tempos aqui atrás um jovem , não me lembro da sua Nacionalidade, resolveu construir uma página na net e vendê-la pixel por pixel para publicidade. Ao fim de não sei quanto tempo estava rico.

Agora aparece este jovem Canadiano que com um clipe gigante, apenas um clipe vermelho gigante, conseguiu ao fim de um ano de trocas a casa que sempre desejou.

Tudo começou a 12 de Julho do ano passado, quando escreveu no seu blogue que queria trocar o seu clipe vermelho por algo «um pouco maior e mais impressionante».
«A ideia surgiu de um jogo de criança chamado "Maior e Melhor". Começamos com um objecto pequeno, que vamos trocando por objectos maiores com os nossos vizinhos», explica Kyle que acrescenta, «eu fui o primeiro a jogar na Internet».

[Para ler o resto da história]

Estou cá a pensar em colocar um dia destes aqui no blogue um jogo desse tipo, ainda não sei o que vou propor para trocar. Preparem-se!

terça-feira, julho 11, 2006

O melhor do mundial...

Não podia acabar estes "post's" do Mundial sem falar da eleição do melhor jogador.
Eu até achava que o Zidane era um jogador, bom jogador, um jogador fora de série. Nunca o tinha visto em atitudes menos próprias.
Acabar assim uma prestação na representação de um País, não joga em seu favor.
Bem sei que a pressão destes jogos é enorme e incalculável o que está em jogo. Os jogadores estão há um mês num campeonato onde só vêm futebol, respiram futebol, treinam futebol e jogam futebol. Pouco tempo têm para outras coisas. Mas dar uma "marrada" destas?...
Mas o pior foi ter sido escolhido para o melhor jogador deste Mundial.
Que exemplo!
Um jogo visto por milhares de jovens...

O melhor do Mundial
Vídeo enviado por tuga

E depois como esta coisa das novas tecnologias andam mais rápido que a velocidade da luz, cliquem aqui e encarnem no Zidane e deem umas cabeçadas no Materazzi.

segunda-feira, julho 10, 2006

Publicidade

De volta à Fisioterapia, com as horas mais ocupadas, mas sempre a deixar algum tempo para vos poder visitar e deixar aqui que pensar, aquilo que penso e sinto. Mas uma coisa é certa apesar de ainda não poder correr (o médico proibiu-me), disse-me que vou conseguir recuperar totalmente os movimentos do pé. Fiquei como devem calcular toda contente. A falta que ele me faz.
Hoje vou deixar-vos aqui uma coisa que realmente me fascina. A publicidade.
A publicidade é uma arma para levar as pessoas a consumirem um determinado produto.
Para isso é necessário percorrer determinadas etapas para estimular psicologicamente o consumidor, nunca esquecendo que a memorização contribui em muito para todo este processo.
Particularmente fascina-me a publicidade, pela criatividade, pelas formas usadas para cativar as pessoas, pelo desafio.
A memorização encontra-se associada ao desejo e à acção (que são as duas últimas etapas). As etapas mais conhecidas são:

Atenção - Tal como o próprio nome indica, tem como objectivo chamar a atenção do consumidor. Esta etapa é importante, pois é a passagem para todas as outras, o que significa que se a primeira não triunfar, dificilmente as outras o conseguirão. Para poder chamar a atenção, um anúncio deve ter algo que estimule para esse fim. Mas a publicidade está cada vez mais desenvolvida o que provoca uma dificuldade na implementação de novos meios e artimanhas para cativar o público.

Interesse - Esta serve para "acordar" no consumidor o interesse pelo que se está a publicitar. A publicidade para "despertar" o interesse, terá de o fazer a partir do conteúdo do próprio anuncio, seja por meio de uma imagem ou frase (existem muitos anúncios que colocam as frases em forma de exclamação ou interrogação para provocarem o interesse). Actualmente, este interesse é mantido à custa dos meios audiovisuais, como também da tecnologia disponível.

Desejo - Um anúncio tentará aproximar-se do homem por meio dos seus sentidos, com vista a estimulá-lo para a compra. Como vivemos numa sociedade de consumo, a publicidade não necessita de muita imaginação para criar o desejo no Homem, pois basta apelar para os seus sentidos (sejam estes a vaidade, inveja, etc.). É neste momento que o produto é apresentado no seu todo, com a finalidade de transmitir ao Homem a máxima informação possível.

Acção - Depois de todas as outras etapas temos a acção que concluirá o percurso estipulado e que levará, em principio, o Homem a comprar o produto publicitado. Muitas vezes os anúncios não conseguem provocar ou concretizar este objectivo, mesmo que tenham todas as condições e pressupostos para o fazer, mas o Homem é um ser imprevisível e com tal pode mudar a sua intenção a qualquer momento. É de salientar, que estas etapas ocorrem na mente do indivíduo, e em geral, são tão rápidas que este nunca se chega a aperceber delas, aquando da sua presença.

Agora vejam lá se não há coisas do outro mundo.

domingo, julho 09, 2006

Desabafosssss II

E agora? Bem , lá voltamos às desgraças...
Música - Um novo dia

Powered by Castpost
Voltamos ao apertar o cinto...
Entretanto a gasolina subiu, deram por isso?
Os juros da habitação subiram.
O Freitas do Amaral deixou o governo, sabiam?
Fez um ano que foram os atentados em Londres. Lembraram-se?
Ramos Horta é o novo 1º Ministro de Timor-Leste, ouviram?
5ª feira houve greve da Função Pública. Deram por isso?
A gripe das aves já chegou a Espanha, sabiam?
Houve um acidente no metro em Valência na 2ª feira onde morreram 41 pessoas...
Novo cálculo das reformas reduz valor das pensões...
Pois voltamos ao "rame rame" do dia a dia. Triste dia a dia que agora vai custar a passar, pois não há nada na televisão para se ver. Não nos podemos distrair com a alegria, com a esperança.
Como passou depressa este mês.
Mas nós os Portugueses somos sempre iguais.
Queremos tudo.
Somos os melhores.
Acreditamos que somos capazes.
Temos esperança.
Rezamos. Cumprimos os mesmos rituais todos os jogos para dar sorte.
Juntamo-nos para que em união a força e a fé sejam maiores.
Mas depois... Faltou um "danoninho" para chegarmos à final. Mas não faz mal já fomos à meia final...
Faltou um "danoninho" para ficarmos em 3º lugar.
Mas não faz mal, já ficámos em 4º lugar...
Nós Portugueses somos mesmo assim contentamo-nos com o que a vida nos dá, adaptamo-nos às circunstâncias. Damos tudo por tudo, com amor, persistência, esforço e dedicação. Quando perdemos saímos sempre de cabeça erguida. Ganhamos sempre, seja em honra, esforço ou dedicação. Ficamos felizes com pouco. "Já fizémos muito..."
Será por isso que não somos capazes de dar a volta ao descalabro que vai no nosso País?
Cada vez nos tiram mais. E nós deixamos.
Cada vez nos pedem mais para apertar o cinto, e nós apertamos. Na esperança de dias melhores que não chegam.
Perdemos? Temos que ficar chateados. Não nos podemos conformar.
Tiraram-nos regalias. Temos que reagir. Corrigir. Ser melhor. Chorar. Gritar.
Como eu gostava, em vez de 2ª melhor da Europa ser 1ª. Como eu gostava, em vez da 4ª melhor do Mundo ser a melhor do Mundo.
Mas para isso tenho que lutar, suar, trabalhar, correr, produzir, treinar. E isso, isso já nos custa fazer, queremos é férias, feriados , pontes...
Assim seremos sempre pequeninos, 2º e 4º e nunca PRIMEIROS.
Falta-nos ambição!
Obrigado Scolari, porque nos fizeste acreditar.
Obrigado Figo. Serás sempre o melhor para mim.
Obrigado selecção.

sábado, julho 08, 2006

De volta...

Quando disse que para mim tinha acabado, foi mesmo o que senti. Pelos vistos o Scolari sente a mesma coisa. Estar a um passo da final e depois de tanto esforço e dedicação perder e daquela maneira, não parece justo este jogo para os 3º e 4º lugar. Foi mesmo isso que senti.
Mas adiante.
Não gosto de me contentar com meias medidas, ou tudo ou nada. Mas sei que realmente somos pequenos, contamos pouco no Mundo.
Mas somos grandes no coração.
Na humildade.
Na solidariedade;
e aceitamos as derrotas com coragem.
Hoje lá estarei em frente à TV a fazer força pela nossa selecção.
Era bom que no regresso a Portugal da nossa selecção, pudessemos fazer ver que estamos satisfeitos com a prestação dos nossos jogadores e do nosso seleccionador.
Podemos então colocar as bandeiras nas janelas, varandas, portas ou onde vos der mais jeito.
A imagem recebi por mail e o título é "Nem lhe tocou", se foi ou não , não sei.

Música dos Da Weasel - Força

Powered by Castpost

sexta-feira, julho 07, 2006

Soluços e engasgos...

Um soluço no simplex, segundo o portugaldiário, porque ainda há poucos dias foi inaugurado com pompa e circunstância o acesso aos Diários da República através da net. Mas pelos vistos não é bem assim. Parece que só sabendo a data da saída do dito diploma ou o número do mesmo é que temos acesso a ele. A pesquisa por tema é só para quem paga pelo serviço.

Ora esta pesquisa já era possível, parece que uma vez pedido o esclarecimento pela linha de atendimento telefónico para a pergunta sobre a diferença entre o antes e o agora a resposta foi que “agora os cidadãos podem imprimir os diplomas sem pagar”.
Fiquei em choque...

Mas este é apenas um soluço eu conheço um engasgo.

Ontem estive o dia todo na escola a fazer matrículas e aproveitando a presença dos Encarregados de Educação, para poupar uma viagem à escola destes, entrega-se a s fichas de registo de avaliação do 3º período. E esse boletim de matrícula tem de ser preenchido à mão com dados que já estão na escola num programa informático, mas que não pode ser transferido para o boletim de matrícula porque não tem esta funcionalidade. Só neste País… Choque tecnológico? SIMPLEX?
Ora esta prática nem sempre, como a maioria das pessoas da minha geração bem sabe, foi feita pelos Professores. Era sim feita pelos serviços administrativos, vulgo, secretaria.
Mas como agora e de há uns tempos para cá somos cada vez mais pau para toda a obra, e sempre sem nos manifestar-mos com rigor lá nos vamos adaptando às novas situações e solicitações que nos são exigidas. Sim exigidas. Ninguém nos deu formação, ninguém nos pediu a opinião, ninguém nos perguntou se estávamos preparados. Pensaram, disseram e nós fizemos. E lá fazemos todos os anos matrículas.

Claro que temos dúvidas, claro que temos que preencher muitas das fichas, claro que nem sempre conseguimos resolver os problemas porque não somos funcionários administrativos e não sabemos dar resposta a transferências, a residências fora da área escolar, etc, etc.
Pois é , se a consulta do Diário da República era um soluço no SIMPLEX eu acho que este das matrículas é um ENGASGO.
Aqui há uns tempos falei-vos no SIMPLEX e esta das matrículas era uma das medidas que iriam ser implementadas para desburocratizar o nosso País.
A medida 266 é precisamente “ ERA UMA VEZ UMA MATRÍCULA NO ENSINO BÁSICO E SECUNDÁRIO”.

Ora se a escolaridade é obrigatória não se entende que todos os anos os alunos tenham que se matricular, muito menos quando em alguns casos os alunos passam 5 anos (do 5º ao 9º ano) na mesma escola. Pois a medida 266 do SIMPLEX ainda não entrou em vigor. Para quando? Esta era urgente, quanto a mim pois há muito que não faz sentido matricular no 1º , 2º e 3º ciclos.

quinta-feira, julho 06, 2006

Para mim acabou...



Para matar a curiosidade a algumas pessoas, aquele colorido prato, são mais uma especialidade do nosso amigo que aparece numa destas fotos, com um copo de vinho na mão, que é um exímio e criativo cozinheiro. São cogumelos recheados com bocadinhos de bacon e queijo por cima. Regados depois com um fio de azeite e polvilhados com pimenta, depois vão ao forno e são de chorar por mais.

Fiquei triste!
Não merecemos.
Mas o desporto é assim.
Por vezes injusto.
Por vezes sorte.
Outras azar.

Música dos Da Weasel - Força

Powered by Castpost

quarta-feira, julho 05, 2006

MEIS FINAIS

Hoje vai ser um grande jogo, espero. De nervos, de ansiedade... Lá nos vamos juntar noutra tertúlia, pois parece que assim o sofrimento é menor.
Vamos ver qual o galo que vai cantar mais alto.
O nosso galo de Barcelos ou o "Coq sportif"

terça-feira, julho 04, 2006

Provérbio Índio

Tenho tido a sorte de ao longo da minha vida ter encontrado sempre pessoas mais velhas, mais sábias, mais generosas, mais pacientes, mais prudentes, que por qualquer motivo as tenho conquistado e me têm ajudado a ser melhor cada dia que passa.
À Jawaa que um dia me mostrou este provérbio e com a experiência da vida de vez em quando me puxa as orelhas. Mas que também alimenta o cachorro mau, pois às vezes é preciso.


Música dos Queen - Innuendo

Powered by Castpost

While the sun hangs in the sky and the desert has sand
While the waves crash in the sea and meet the land
While there's a wind and the stars and the rainbow
Till the mountains crumble into the plain

Oh yes we'll keep on trying
Tread that fine line
Oh we'll keep on trying yeah
Just passing our time

While we live according to race, colour or creed
While we rule by blind madness and pure greed
Our lives dictated by tradition, superstition, false religion
Through the aeons, and on and on

Oh yes we'll keep on trying
We'll tread that fine line
Oh oh we'll keep on trying
Till the end of time, Till the end of time

Through the sorrow all through our splendour
Don't take offence at my innuendo

You can be anything you want to be
Just turn yourself into anything you think that you could ever be
Be free with your tempo be free be free
Surrender your ego be free be free to yourself

If there's a God or any kind of justice under the sky
If there's a point if there's a reason to live or die
If there's an answer to the questions we feel bound to ask
Show yourself - destroy our fears - release your mask

Oh yes, we'll keep on trying
Hey, tread that fine line
Yeah we'll keep on smiling yeah (yeah yeah)
And whatever will be, will be
We'll keep on trying, We'll just keep on trying
Till the end of time, till the end of time
Till the end of time

segunda-feira, julho 03, 2006

Como se fosse o último...

Como os dias estão difíceis...
Como a reforma está cada vez mais longe...
Como a esperança de vida é maior mas a qualidade menor...
Como nunca sabemos o dia de amanhã...
Como a gasolina pode aumentar já a seguir...
Como o IVA está para aumentar...
Como as taxas de juro aumentam ...
Como a vida são só dois dias…( faz uma directa)
Vive todos os dias como se este fosse o último.



Efémera - vive o dia como se fosse o último


Eu aprendi com a morte do meu Pai, que devemos dizer o que nos vai na alma, no momento certo na altura exata. Não guardar para depois, pois o depois pode ser tarde demais.
Por vezes digo com o sangue a ferver, chamam-me bruta. Outras vezes não me faço ouvir. Criam-se mal estares. Mas uma coisa sei,sou directa, digo na frente e não nas costas, sou verdadeira. Mas nem sempre sou bem entendida. Incomodo a maior parte das vezes. Vivo a vida com intensidade.
Espero encontrar o equilíbrio um dia destes, ser mais paciente, mais calma,menos "sangue na guelra" como se costuma dizer..

domingo, julho 02, 2006

Monte da Cegonha


Nem sei como hei-de exprimir a sensação que tive neste dia. O Monte da Cegonha fica entre Coruche e Montemor-o-Novo, no Lavre.

Um Monte com uma área surpreendente, um conjunto de casas, bem planeado, azuis e brancas, bem cuidadas, relva impecável, uma piscina espectacular e claro, um campo de basquete e ténis.
Os anfitriões, pessoas incansáveis, na arte de bem receber e bem servir, não pararam, assim que acabavam as coisas para comer em cima da mesa , como que por artes mágicas e sem dar-mos por isso já a mesa estava cheia de novas iguarias. Bebidas à descrição e doces.
Alegria, boa disposição, simpatia, amizade sem palavras, realmente um reencontro com alguns com um espaço de 30 anos que foi como se o tempo tivesse parado e nesse momento tudo começasse de novo.
É difícil de explicar a quem não viveu em Moçambique, e falo de Moçambique porque foi lá que vivi e cresci, o que sentimos uns pelos outros. Amizade pura, sã, verdadeira, sem interesses. Estavam também as respectivas famílias, mulheres, filhos e maridos. O que nos uniu e que tínhamos em comum era o gosto pelo basquetebol. Jogávamos todos basquete, em clubes diferentes, mas éramos amigos e assim permanecemos. O "Fair-play" sempre presente.
Depois de uns mergulhos na piscina, de a conversa posta mais ou menos em dia, vimos e vibrámos com o jogo de Portugal. Uns não aguentam a emoção e vêm cá para fora, os risos e barulho dos que lá ficaram dentro a ver o jogo, chega cá fora para se aperceberem de como vai o jogo.
A seguir a um jogo sofrido, mas merecida vitória, fomos ver os craques a jogar. Infelizmente como ainda não estou recuperada do meu pé, não pude jogar. Fica para o ano. Mas digo-vos uma coisa, quem sabe , nunca esqueçe, e foi lindo ver aqueles "cocuanas" todos a jogarem com uma habilidade que nos fez recuar 20 e 30 anos. Alguns ainda em boa forma física, apesar da idade.
Para o ano lá estaremos se tudo nos correr bem.
Um grande "Bem haja" ao Zé Faria, à Lulu e aos irmãos do Zé Faria.

Saí com a alma cheia e o coração mais doce, pois decobri e senti mais ma vez que vale a pena ser honesto, verdadeiro, humilde, generoso, educado, persistente e tudo o mais que hoje em dia é difícil praticar e encontrar.


010706 061
Vídeo enviado por tuga

010706 063
Vídeo enviado por tuga

"Fair Play" sempre presente nas nossas vidas.

010706 064
Vídeo enviado por tuga

sábado, julho 01, 2006

PORTUGAL X INGLATERRA

Como hoje vou a caminho de mais um encontro de amigos, desta vez uns amigos muito especiais, senão são todos, pois fazem parte da minha vida desde os meus 10 anos e caminharam comigo até aos meus 16. Depois a vida separou-nos. Alguns fui vendo de vez em quando, outros fui sabendo por este e aquele, mas a maioria perdi-os. Conhecemo-nos em Moçambique e tínhamos o basquete como elo de união.
Hoje vou para o Alentejo para os reencontrar. Vai ser, espero eu, de ir às lágrimas , mas de alegria.
Vou ver o jogo de Portugal na companhia deles, espero que corra tudo bem. Depois volto mais tarde para as novidades.